segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Rapidinhas no MaDame: O homem mais procurado (The Most Wanted Man) - 2014

Rapidinhas no MaDame:
Porque o que importa é o prazer da Cinefilia






Sobre a história: Com antecedentes como prisioneiro na Rússia e Turquia, Issa Karpov (Grigoriy Dobrygin) é um imigrante checheno de religião muçulmana que busca reconstruir sua vida na Alemanha e a herança milionária de seu pai.  Annabel Richter (Rachel McAdams) assume o caso e o leva ao banqueiro Tommy Brue (Willem Dafoe).  O líder de uma local agência de espionagem e de ação anti-Terrorismo, Herr Günther Bachmann (Philip Seymour Hoffman), investiga o caso e tem que lidar politicamente com Martha, agente da Cia (Robin Wright).


Opinião Geral sobre o filme:  Adaptação da obra de John Le Carré ( de O espião que sabia demais e O Jardineiro Fiel) e com direção de Anton Corbijn, o Homem mais procurado é um atrativo thriller de espionagem feito sob medida para essa parceria, principalmente com seu ponto alto, o saudoso Philip Seymour Hoffman que domina a tela com seu talento e tem uma atuação muito confortável nos elementos mais estratégico e angustiante da sua personagem. Le Carré tem a interessante característica de contar histórias com uma teia de conspiração e mistério envolvendo ambientes com forças que atuam em um sistema internacional como a CIA, terroristas, agências de segurança, líderes de organizações mundiais etc. Apresenta um aspecto positivo ao adicionar camadas mais emocionais como o amor, a solidariedade, a angústia e a frustração. Nesse longa, o apelo spy é mais sofisticado, bem acertado para a direção de Corbijn e seduz pela investigação gradual até atingir o clímax. A narrativa se desenvolve de uma forma lenta porém bem calculada para criar uma tensão real. Também possibilita observar como a ética e as relações de influência funcionam. É um filme diferenciado na seara dos filmes Anti-Terror. Sai das locações USA ou Oriente Médio e ocorre em Hamburgo. Não haverá ação eletrizante, agentes em perseguição, homens bomba. Tudo é mais sutil para perceber como as agências e grupos articulam negociações e sua política e que a guerra antiterrorismo é bem mais profunda e organizacional.


O desprazer: Filmes adaptados de John Le Carré tem uma narrativa mais lenta para o suspense, dirigida como um jogo de peças e duram por volta de 2 horas. Para assisti-lo, tem que entrar nesse clima. Infelizmente, Daniel Brühl é subutilizado em seu talento e faz um papel menor.


Por que vale a rapidinha?  A marcante presença de Philip Seymour Hoffman que é o carro-chefe  do começo ao fim. Vale observar a bela Rachel McAdams que dá mais leveza e frescor ao longa e integra o elemento afetuoso, mais humanizado.








Ficha técnica do filme ImDB O homem mais procurado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière