quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

A Emblemática Citação da Semana : Senhor dos Anéis - As duas Torres (The Lord of the Rings : The Two Towers ) - 2002




Aragorn: What do you fear, my lady?
Eowyn: A cage. To stay behind bars until use and old age accept them and all chance of valor has gone beyond recall or desire.



Aragorn: O que teme, minha senhora?
Eowny: Uma gaiola. Ficar atrás de grades até que o hábito e a velhice as aceitem e as oportunidades de grandes feitos estejam além da lembrança ou do desejo.



(Eowny interpretada por Miranda Otto em O Senhor dos Anéis - As duas Torres)


M aDame Lumière também teme uma gaiola!

13 comentários:

  1. Frase memorável, mesmo! O SENHOR DOS ANÉIS é somente o meu filme favorito nº1!

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD - A Estrada do Cinema

    ResponderExcluir
  2. Ahh Madame, Não sei nem como você conseguiu escolher uma citação do "O Senhor dos Anéis". Tudo no filme é tão marcante. Eu me arrepio sempre que escuto os discursos de Aragorn e Theoden, eu quase choro, na verdade, eu choro sempre nos filmes. É eu choro mesmo! :D

    Eu fico incrivelmente nervoso quando alguém fala que Avatar é o melhor filme da década. O Senhor dos Anéis é da mesma década, oras...

    Éowyn é um personagem um tanto quanto sensacional. Essa frase resume muito bem seu caráter.

    Beijos, Madame.

    ResponderExcluir
  3. Olá Roberto, obrigada pela visita. Também amo o Senhor dos Anéis, tenho todos os livros e todos os DVDS. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi Raphael,
    Foi bem difícil selecionar uma única frase, mas com certeza haverão outras mais e ainda falarei de todos os filmes. Eu amo o Senhor dos Anéis, como falei acima, sou fã. Acho maravilhoso como filme e como alegoria do maniqueísmo bem x mal, a luta pelo bem e vários valores intrísecos. Também choro e quero fazer parte da Sociedade do Anel (rs) e amo o Aragorn, queria casar com ele(rs).

    The Lord of the Rings - my addiction. uaua!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Belo diálogo para um grande filme. Meu menos preferido da trilogia mas, ainda assim, excepcional.

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito da trilogia, difícil ser superada! Sam é um dos personagens que acho mais intensos!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Antes eu achava O Senhor dos Aneis um dos melhores filmes de todos os tempos, hoje, está bem longe disso pra mim, mas é óbvio que reconheço todas as suas qualidades.

    Agora, quanto ao livro, esse sim, continuo amando profundamente. Esses tempos acabei de le-lo pela quarta vez. hehehe

    ResponderExcluir
  8. Oi Wally: As duas torres também é o meu menos preferido, porém inesquecível. abs!

    Oi Cris: Sam é muito especial, principalmente sua lealdade e coragem. Amo-o! bjs!

    Oi Bruno: Ele é ótimo para a proposta maniqueísta e muito bem elaborado (melhor que Avatar rsrs), mas confesso que o retorno do rei é o melhor de todos. Quero um pouco da sua energia para leitura, ando muito desfocada ultimamente. Como assim? A 4ª vez????? rsrs bjs!

    ResponderExcluir
  9. Todos tememos uma gaiola. Perfeito madame. Para variar, sempre na intensidade certa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Tbm temo uma gaiola. Você hein, Madame?? Incrível a profundidade com que trata tantas coisas!!

    Tbm amo O Senhor dos Anéis. Tem uma rixa na minha casa por causa dele!! heheheh A minha irmã adora Senhor dos Anéis, e eu amo Harry Potter!! A gente discute sempre!!

    Mesmo amando HP, eu tenho senso na cosciência e considero Senhor dos Anéis muito mais filme que qualquer HP (apesar do 6º ser muito bom). Já do livro... HP é o nº 1!!

    rsrsrsrsr

    Beijos Madame!

    ResponderExcluir
  11. Oi Reinaldo, Obrigada pela seu comentário. Senso de liberdade é um dos sentimentos mais urgentes que existem. bjs!

    Oi Eri: obrigada. Tento extrair um parte de mim para colocar nas coisas que amo, inclusive este blog fofo que eu estou amando ter e compartilhá-lo com pessoas como você. Eu acho que o HP, enquanto livro, é mais divertido, mais fluído para a leitura e, como filme, acho O Senhor dos Anéis mais maduro, mais cercado de valores inspiracionais.

    bjs!

    ResponderExcluir
  12. Madme..seu blog eh bem legal mesmo e adoro os posts..mas deveria postar menos...vc posta compulsivamente e eh dificil acompanharmos tudo...tem que deixar o texto mais tempo pelo menos no ar...a escrita precisa de tempo pra ser sentida entende?!!! eh serio..na boa...é um conselho a vc...a gente entra aqui e tem tantos posts de vez...eh meio exagerado e compulsivo de sua parte...que tal atualizar de dois em dois dias?!!! e seu blog eh mesmo divino...adoro e volto sempreee..adoro suas dicas...mas dá um desespero...vai com calma, sem pressa...bjos e queijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Alice,
    Obrigada pela sugestão. Entendo a sua aflição pois acompanho vários blogs e alguns muito bons postam todo o dia e eu não tenho tempo de lê-los todos os dias, mas o material está no arquivo para ser acessado e degustado, assim qualquer pessoa pode sentir a escrita e o tema quando desejado, não acho que postar todo o dia invalide este usufruto. Também não acho que é exagerado, é simplesmente frequente como normalmente um blog deve sê-lo. Um blog é um daily diary e ando com tempo de postar 1 post /dia, mas haverá momentos em minha vida que postarei menos por questões de agenda de trabalho. Você pensará que sou mais compulsiva, mas minha meta é postar um mínimo de 20 filmes no mês, ou seja, 5 filmes / semana. Bem-vinda ao mundo dos cinéfilos! bjs!

    ResponderExcluir

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière