sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Rapidinhas no MaDame : A minha casa caiu (Walk of Shame) - 2014

Rapidinhas no MaDame:
Porque o que importa é o prazer da Cinefilia






Sobre a história:  Meghan (Elizabeth Banks) é jornalista de uma emissora local e é uma mulher comum, de poucos amigos e dedicada aos estudos e ao noivo.  Cansada do emprego atual, sua meta é conseguir o cargo de âncora em uma grande emissora. Após um dia de decepções, cai na balada, conhece Gordon (James Marsden) e começa sua jornada como  a "garota do vestido amarelo", que trará situações divertidas e uma nova postura perante sua vida e carreira.

Opinião Geral sobre o filme:  É uma boa comédia com protagonista feminina de meia-idade e se destaca pelo roteiro ágil de ação no qual Meghan percorre a cidade em uma jornada que a ajudará a se conhecer,  livre de padrões de boa mocinha e do certo e errado. Elizabeth Banks não é mais uma jovenzinha e nem representa o papel romântico das comédias, o que torna o filme menos previsível e mais voltado a uma mulher mais vivida, em transformação. Ela atua de uma maneira leve e sem forçar ao extremo o humor, além disso é carismática.

O desprazer:  Um pouco mais de romance com o bonitão James Marsden não seria nada mau.


Por que vale a rapidinha?  Elizabeth Banks faz uma boa atuação para quem não é famosa e familiarizada com tantas comédias no currículo. Ela não é uma atriz afetada pelo glamour e fama, está em plena forma no auge dos seus 40 anos e tem uma veia cômica que já tinha sido demonstrada em Jogos Vorazes. 







Ficha técnica ImDB A minha casa caiu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière