domingo, 16 de maio de 2010

Cine Família: 10 Belos e Talentosos Pombinhos Hollywoodianos


No Cine Família de hoje, uma celebração a 10 casais belos e talentosos de Hollywood. A premissa básica do post é que todos sejam atrizes/atores e/ou já tenham atuado como tais. Alguns são casados e/ou vivem juntos, outros estão namorando, outros já brigaram e já voltaram, mas até onde eu sei todos ainda continuam juntos até a divulgação desse post (risos). O mais importante é que o post celebra o encontro desses casais e sua união, além dos trabalhos realizados por eles em favor do Cinema, para isso, indico 2 filmes de cada casal: um com a atuação dele e outro com a atuação dela. Os filmes não são necessariamente "familiares" e prezam muito mais pela qualidade da atuação dos(as) atores/atrizes Espero que você, caro(a) leitor(a) do MaDame Lumière curta os lindos pombinhos e também alguns bons filminhos. Bom Cine Família!


10° Sienna Miller e Jude Law
O casal beleza pura
"Jude, você é lindo. Eu sou linda. Você me traiu mas eu te perdôo"




Casanova (2005) com Sienna Miller
A atriz é Francesca Bruni e se apaixona pelo homem mais errado da Itália do século XVIII: o sedutor de mulheres Casanova, interpretado pelo saudoso ator Heath Ledger. O filme conquista pela presença Don Juan de Ledger, porém Sienna Miller entrega uma exuberante beleza ao espectador (e conteúdo também).

Closer (2004) com Jude Law
O ator é Dan, homem que tem um relacionamento com Alice (Natalie Portman), mas se apaixona pela esposa de outro homem, a fotográfa Anna (Julia Roberts), dando início a uma série de dramas de casais. Closer é um filme recheado de camadas sobre as problemáticas dos relacionamentos atuais: traição, amor, desejo, abandono, etc.




9° Sarah Jessica Parker e Mathew Broderick
O casal Sarah Jessica Parker
"Mathew, meu sucesso é o seu sucesso"




Armações do Amor (2006) com Sarah Jessica Parker
Deixando um pouco a adorável Carrie Bradshaw de lado, essa é uma comédia muito agradável de que o "feitiço vira contra o feiticeiro" quando o assunto é amor. A atriz interpreta Paula, uma mulher que é contratada para seduzir filhos mais velhos que ainda vivem acomodados na casa dos pais. Ela tem a missão de seduzir o esperto Tripp (Matthew McConaughey) mas a química vai rolar além do contrato.

Curtindo a vida adoidado (1986)
com Mathew Broderick
O ator é Ferris Bueller,o inesquecível adolescente que não queria saber de nada a não ser matar aula e curtir a vida adoidado. Um célebre papel nos anos 80, memorável na carreira do ator, provavelmente Mathew deve sentir saudades de que o seu sucesso como ator não se perpetuou até hoje, por isso, vale a pena homenageá-lo.




8° Katie Holmes e Tom Cruise
O casal Ménage a trois
"Kate, Tom e a Cientologia"




Loucas por Amor, Viciadas em dinheiro (2005) com Katie Holmes
Ela se dá melhor na série Dawson's Creek do que em seus papéis em longas-metragem. Apesar de ter estrelado filmes como Garotos Incríveis e Obrigado por Fumar, Katie não engatou a carreira como o marido. Nessa comédia, ela interpreta a maluquinha Jackie, comparsa de Diane Keaton e Queen Latifah; elas se unem para roubar uma fortuna no local onde trabalham, o tesouro nacional.

Entrevista com o vampiro (1994) com Tom Cruise
Tom Cruise pode não ser o mesmo de antigamente, mas ainda é um ótimo ator com interpretações memoráveis no currículo tais como: Colateral, Rain Man, Jerry Maguire e o Último Samurai. Para se juntar a safra de bons filmes, o clássico dos anos 90, Entrevista com o vampiro, é fundamental.
O ator é o memorável vampiro Lestat nas clássicas crônicas vampirescas de Anne Rice. Um exímio sedutor nesse jogo de desejos e revelações.


7° Catherine Zeta Jones e Michael Douglas
O casal Contrato pré-nupcial
"Michael,se você continuar viciado em sexo fora de casa, coloque o cheque
da indenização dentro da minha conta"




Chicago (2002) com Catherine Zeta Jones
Um dos papéis mais relevantes da atriz foi o musical Chicago de Rob Marshall na qual ela ganhou o Oscar de Melhor atriz por interpretar a estrela (e assassina) Velma Kelly. Além da presença cênica de Catherine, aliada à sua beleza,ela abrilhanta a película com o declínio de Velma.


Wall Street Poder e Cobiça (1987) com Michael Douglas
Michael Douglas é bem lembrado por seus problemas com álcool e drogas e seus filmes com cenas eróticas como Atração Fatal com Glenn Close e Instinto Selvagem com Sharon Stone, mas ele é muito mais do que isso , pelo menos trabalhando com Oliver Stone. O excepcional diretor está para lançar no Brasil o segundo Wall Street com Michael Douglas. A primeira versão do longa consagrou o ator que ganhou o Oscar de Melhor ator no papel do milionário sacana Gordon Gekko.



6° Demi Moore e Ashton Kutcher
O casal Meninos correm com as lobas
"Troque duas ovelhinhas de 20 por uma de loba de 40 "




Questão de Honra (1992)
com Demi Moore
Demi Moore pode ter marcado as memórias cinematográficas da grande audiência com seus papéis marcantes em Ghost - do outro lado da vida, Assédio Sexual e Proposta Indecente e ser muito querida ao lado do seu bem humorado e twitteiro marido, mas ela ainda tem trabalhos medianos em seu background. Um dos seus trabalhos mais sérios, mesmo no início de carreira foi em Questão de Honra, um thriller de tribunal no qual ela interpreta a capitã Joanne Galloway e, com o advogado Kaffee(Tom Cruise) tentam provar a verdade por trás da acusação de 2 fuzileiros navais em crime de homícidio.


Anjos da Vida - Mais Bravos que o Mar (2006) com Ashton Kutcher
O ator sempre foi um homem que não " cresceu" como ator, atuando como um eterno meninão na maioria de suas comédias, logo, embora muito carismático, bonito e adorável, ele tende a se infantilizar nos seus papéis bem humorados e alimentar os estigmas que o consagraram. Um de seus trabalhos mais interessantes foi o de desmistificar o garotão e fazer um papel no qual amadurece (e ainda emociona): em Anjos da Vida, ele é Jake Cummings, um jovem que começa a treinar na Guarda Costeira para se tornar um anjo da vida, nadador que ajuda a salvar pessoas no mar. Ele tem uma personalidade rebelde e será "disciplinado" por Kevin Costner, um nadador de renome e com traumas no passado. Nascerá uma bela amizade e uma tocante história.




5° Jennifer Garner e Ben Affleck
O casal família perfeita
"Somos dois super heróis pelo bem da família"



De Repente 30 (2004) com Jennifer Garner
A "Electra" do Cinema é uma heroína do lar, tanto que seu casamento com o "Demolidor" Ben Affleck é um bom exemplo de família bem sucedida, bem diferente do que ocorreu com seus filmes comics, um fiasco. Embora as atuações da atriz sejam menores, ela tem beleza e carisma. Um de seus trabalhos mais cativantes é a comédia romântica De Repente 30. A atriz é Jenna Rink, tem 13 anos e, de repente, se transforma em uma mulher bem sucedida de 30 anos com mentalidade de menina. Ela aprende a lidar com várias situações e, de forma surpreendente, se apaixona pelo amigo Matt (Mark Ruffalo)

Pearl Habor (2001) com Ben Affleck
Já é sabido que Ben Affleck é excepcionalmente melhor atrás das câmeras do que na frente das câmeras. Seus trabalhos como roteirista em Gênio Indomável, ao lado de Matt Damon, e como diretor e roteirista em Medo da Verdade no qual seu irmão Casey Affleck também atua é bem mais superior aos seus trabalhos como ator. Mas há um trabalho inesquecivelmente romântico: Pearl Habor, no qual ele é
capitão Rafe McCawley, um piloto que juntamente com o amigo Danny Walker (Josh Hartnett) entra na batalha de Pearl Habor. Entre encontros e desencontros, eles se apaixonam pela mesma garota, a enfermeira Evelyn Johnson(Kate Beckinsale).



4° Maggie Gyllenhaal e Peter Saarsgaad
O casal Dá gosto de ver
"Que venham mais trabalhos pra Maggie e Peter, porque dá gosto de ver"





Secretária (2002) com Maggie Gyllenhaal
Talento veio de berço, pelo menos, para os irmãos Gyllenhaal, Maggie e Jake(ator de O Segredo de Brokeback Mountain). O pai deles dirige filmes e eles fazem bons trabalhos, inclusive Maggie que está ótima em Coração Louco, o que lhe rendeu uma indicação ao Oscar 2010 como melhor atriz coadjuvante. Ela fez ótimos trabalhos em Sorriso da Monalisa e Batman - O Cavaleiro das Trevas e, em Secretária, eternalizou a Lee Holloway, em uma relação fetichista que faz qualquer chefe morrer de tesão.

Educação (2009) com Peter Sarsgaard
Depois de interpretar o charmoso trintão David Goldman em Educação, no qual ele inicia uma série de descobertas da adolescente Jenny( Carey Mulligan), inclusive a iniciação sexual da mesma, não há como resistir ao charme desse ator e, muito menos, deixar de indicar novamente esse filme que enfoca o rito de passagem de uma adolescente à vida adulta, com muita elegância e decepções.



3° Angelina Jolie e Brad Pitt
O casal Filantrópica Atração Fatal
"Brad, não vamos nos separar, ainda há muitos filhos a adotar"



Garota, Interrompida (1999) com Angelina Jolie
Angelina Jolie sempre chamou muito atenção pelo fato de ter um passado polêmico, ser muito sensual, ser bissexual assumida, roubar o marido de Jennifer Aniston, Brad Pitt, e tornar-se esposa dele, e claro, ser a embaixadora em missões da ONU e adotar uma trupe internacional. Com tantos holofotes a seu favor, a qualidade dos seus filmes foi ficando em segundo plano. A atriz só se firmou para valer, na parte interpretativa, ao trabalhar com Clint Eastwood em A Troca. Mas há um trabalho legal antes disso tudo, e esse é ao lado de Winona Ryder reafirmando que elas já eram um tanto loucas. Em Garota Interrompida, ela é Lisa, uma sociopata muito sedutora que influencia outras garotas transtornadas a fugir do hospital psiquiátrico.

Queime depois de ler (2008) com Brad Pitt
Felizmente,com o passar dos anos, Brad Pitt foi conseguindo papéis melhores e aprendendo a atuar, tais como em 12 homens e um segredo, O Curioso caso de Benjamin Button, Clube da Luta e Babel, longas que tiveram grandes e bons diretores que ajudaram o ator. Em Queime depois de ler isso não seria diferente; nesta
comédia de humor negro dos diferenciados irmãos Coen, o ator é Chad Feldheimer, um chantageador que após possuir um cd confidencial de um ex-agente da Cia, por engano, começa a chantageá-lo



2° Scarlett Johansson e Ryan Reynolds
O casal Delicioso Desejo
"Bonitos, sarados e discretos, que tal um casamento a três?"




Encontros e Desencontros (1992) com Scarlett Johansson
A atriz se firmou uma atriz de trabalhos sérios e queridinha do cineasta Woody Allen a partir do longa dirigido e roteirizado por Sofia Coppola. Nele ela é Charlotte, uma jovem depressiva que atua ao lado do também complexo e deprimido Bob Harris (Bill Murray). Um encontro necessário nos desencontros que ambos viviam, e Scarlett prova que é mais do que um rosto e corpo bonitos. Prova disso é conferir também Match Point e Vicky Cristina Barcelona do seu admirador Woody Allen.

Três Vezes Amor (2008) com Ryan Reynolds
Ryan Reynolds está melhorando os seus trabalhos, basta lembrar de sua excelente química com Sandra Bullock em A proposta. À parte desse trabalho, ele faz um bom e mais "solo" papel em Três Vezes Amor, na qual ele é Will Hayes, o jovem pai da Maya (Abigail Breslin) o qual está em processo de separação. Após ser questionado pela filha sobre como ele conheceu a mãe dela, ele começa a contar para ela como tudo aconteceu, mas não de forma óbvia, ele fala de 3 relacionamentos amorosos dele, cabe a ela decifrar esses amores.




1° Penelope Cruz e Javier Bardem
O casal Talento Caliente
"Mata-me de cinéfilo prazer, Espanha"





Vicky Cristina Barcelona (2008) com Penélope Cruz
No excelente filme de Woody Allen, ela é a instável Maria Elena que tem um relacionamento conturbado com seu ex-marido Jose Antonio (Javier Bardem), o qual se envolve com duas amigas, a "certinha" Vicky (Rebecca Hall) e a "liberal" Cristina (Scarlett Johansson).Cenas piradas de Penélope Cruz surtando com o ex-marido além de um envolvimento "mènage a trois" de Maria Elena com Cristina e Jose Antonio esquentam a película.

Onde os Fracos não tem vez (2007) com Javier Bardem
Sempre é difícil selecionar um único filme de Javier Bardem porque ele é um dos atores espanhóis (e globais) mais completos com filmes incríveis no currículo como Carne Trêmula (de Almodovar) e Mar Adentro (de Alejandro Amenábar).No longa-metragem sanguinário dos Irmãos Coen, ele é o aterrorizante psicopata Anton Chigurh. A interpretação assustadora de Javier Bardem demonstra que ele é um ator multifacetado, preparado para vestir a pele de qualquer personagem, inclusive difíceis sociopatas.



Conta para a Madame quais são seus casais Hollywoodianos favoritos.
Mas só vale se ambos trabalharem para o Cinema. Ok?

O MaDame Lumière foi selecionado entre os 10 finalistas de abril/maio do
Gazeta dos Blogueiros para ganhar essa premiação, The Best GB 2010

Vote na Madame, galera! É só clicar no ícone abaixo
Obrigada





13 comentários:

  1. Eu só colocaria o casal Filantrópica Atração Fatal (adorei o termo, hehe) em primeiro lugar porque gosto mesmo de ver Angelina Jolie e Brad Pitt juntos ou separados. Mas, muito boa lista.

    Já votei em você lá no Gazeta, boa sorte.

    E quanto a promoção de Quincas, pode ser do Brasil todo, não é só Bahia não.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Sensacional! Ótima lista e iniciativa madame! Adorei, particularmente, as descrições dos casais! rsrs

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, MaDame!
    Javier Bardem e Penelope Cruz são hour councors
    =)
    Casal mais bonito hoje, não tem.

    Ótimo post! ME diverti com a descrição dos casais, principalmente o Casal Ménage a Trois HAHAHAHA! Só senti falta de um dos casais mais talentoso e bonito: Paul Bettany e Jennifer Connelly.


    ABS!

    ResponderExcluir
  4. Nunca nem tinha imaginado que Penélope Cruz era casada com o Javier. E nem sabia que Scarlett J. era casada, rs
    Ótima lista, Madame !

    ResponderExcluir
  5. O único casal listado que eu gosto mesmo é o Javier Bardem e a Penélope Cruz. Casal de atores talentosos e que sempre se envolvem em longas legais em papeis desafiadores.

    ResponderExcluir
  6. Olá Amanda,
    Obrigada. Foi difícil ranquear os 3 primeiros, mas todos são campeões e tem qualificações a depender do trabalho e cada olhar. Também gosto do casal Brangelina.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Reinaldo,
    Obrigada! Sim, as descrições para contextualizar um pouco dos pombinhos, com um toque de humor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá Elton,
    Concorco total com o "hour concours". Também acho eles são o casal melhor, em termos de talento e qualidade do trabalho, logo estão mais coerentes um com o outro pois, às vezes, o casal é bacana mas um é bem superior ao outro(Tom Cruise é ultra melhor do que a esposa dele, por exemplo). Enfim,valeu a diversão e lamento que faltou lugar pra colocar o Paul Bettany e a Jennifer Conelly, acho que eles mereciam estar aí, até mesmo no lugar de alguns, mas enfim, tive que equilibrar o top + filmes indicados. Também não tive como colocar a Drew Barrymore e o Justin Long, por exemplo... que é um casal muito fofo e divertido. Vou fazer um top 20 rsrs!!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. Alan,
    Eu acho que eles namoram; acho que ainda não casaram oficialmente, apesar dos tablóides cogitarem isso desde 2008. Eles vieram passear em Fernando de Noronha recentemente rsrs... maior love na praia!
    A Scarlett casou em uma cerimônia discretíssima e, aliás, o casal é discreto, dificilmente é fotografado juntos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Kamila,
    Sim, penso que eles são o casal mais talentoso e mais completo em termos de bons papéis e um cinema mais "inteligente" por isso eles são o number 1 dessa seleção. De maneira geral, os casais desse post nem sempre foram desafiados em seus papéis e, claro, um ou outro é mais talentoso do que o outro, seja o marido/namorado ou seja a esposa/namorada.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Pode ser atriz e diretor??
    Pq tem um casamento q eh mais um contrato de trabalho!! Da atriz Helena Bonham Carter e o diretor Tim Burton, vi numa reportagem q eles sempre trabalham juntos!

    Mto bom seu post, seu blog jah estah no meu favoritos! rsrs

    ResponderExcluir
  12. Oi Kdu,

    Obrigada pela visita ao MaDame Lumière.
    Embora eu me concentrei em atores/atrizes, pode ser ator/diretor SIM. Achei excelente sua sugestão, não há dúvidas que o casamento de Tim e Helena é movido a muita parceria, além disso eles se combinam muito. São dois excêntricos com cara de porra louca, mas sinceramente, eles são super família e estão juntos até hoje. Legal! Obrigada pela sua contribuição!

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Agora você poderia fazer uma lista dos melhores e mais belos casais na ficção. Os que têm mais química. Já adianto meu voto. Cate Blanchett e Brad Pitt. Eles estão ótimos e deslumbrantes em Babel e O curioso caso de Benjamin Button. Gostaríamos de vê-los numa comédia. Eles são bons nisso !

    ResponderExcluir

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière