quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Rapidinhas no MaDame: Uma Longa Queda ( A long Way Down ) - 2014

Rapidinhas no MaDame:
Porque o que importa é o prazer da Cinefilia






Sobre a história:  No final do ano, quatro pessoas solitárias se encontram no alto de um prédio para cometer suicídio. Fazem um pacto mútuo para se ajudarem a suportar as dificuldades da vida e se tornam amigos.


Opinião Geral sobre o filme:  Uma adaptação da obra de Nick Hornby, ótimo escritor para histórias que mesclam o drama e a comédia. Temas como solidão, depressão, rejeição, fracasso se misturam com uma carga de rir da própria tragédia. Em Uma Longa Queda, apenas uma boa comédia dramática, quatro vidas se cruzam com uma mesma intenção: Tirar esse fardo das decepções as quais nem eles compreendem. Sabe aquela dor na alma, a melancolia e o desgosto com a vida? Elas são colocadas de uma maneira tênue pois são originadas por diferentes frustrações pessoais e dificuldades de encarar os problemas e seguir adiante.  Com um trabalho diferente do diretor Francês Pascal Chaumeil, acostumado a comédias românticas, ele se arrisca no Cinema Britânico  e faz um razoável trabalho climático de humor negro, aderente aos altos e baixos de uma pessoa deprimida, sem motivação e resiliência para sair das dificuldades e superar o fracasso. O filme flui lento, narrado na perspectiva de cada personagem e com atmosfera baixo astral como uma recaída na depressão, por outro lado ele tem momentos de empatia, do tipo "estamos todos no mesmo barco, vamos superar isso",  o que funciona como uma autoajuda. O elenco têm uma química mais down, personagens introspectivos ou que tomam atitudes repentinas mas também são solidários um com o outro e cada um tem um drama pessoal, desde o experiente Martin (Pierce Brosnan) que tem sua carreira, imagem e reputação atingidas após um escândalo até Maureen (a excelente Toni Collette) como a mãe de um menino com deficiência. 


O desprazer: Dos filmes adaptados de Nick Hornby, o roteiro deixa bem a desejar e não facilita um apego imediato à narrativa, portanto, tem que estar no clima para assisti-lo. A história também coloca os quatro personagens sempre ligados por um pacto e a necessidade de manter o contato, o que dá a impressão de ser algo forçado, sem naturalidade e  fora do comum.


Por que vale a rapidinha?  Toni Collette, uma grande atriz e excelente em comédias dramáticas. Por causa dela, o filme resiste à queda.







Ficha técnica do filme ImDB Uma longa Queda 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière