segunda-feira, 18 de maio de 2015

Rapidinhas no MaDame : Golpe Duplo (Focus) - 2015





 
Por Cristiane Costa


Sobre a história:  Nick (Will Smith) é um golpista profissional cuja família tem tradição em trapaças.  Ao conhecer a sedutora Jess (Margot Robbie), ele a ensina a arte dos golpes. No seu último esquema, Nick conhece Garriga (Rodrigo Santoro) e um golpe duplo é uma manobra arriscada que pode colocar a vida de Nick em risco.

Opinião Geral sobre o filme:  Golpe Duplo é uma combinação de gêneros que reúne comédia, romance, crime e drama, tudo em doses homeopáticas e claramente expostas no roteiro de Glenn Ficarra e John Requa, que respondem pela direção, apreciam o tema "golpes" e tem em seus backgrounds o roteiro de "O Golpista do Ano" (2009). Desde o começo, Golpe Duplo enfoca as habilidades de um golpista sofisticado e discreto, Nick (Will Smith), que automatizou tanto a sua vida baseada em trapaças, que desenvolveu expertise e habilidades  admiráveis para reunir uma equipe especializada em golpes de diversas naturezas, manter o "negócio" com pessoas leais e não se envolver afetivamente. Ao conhecer Jess (Margot Robbie, bela atriz em carismática atuação),  Nick se apaixona. Além das boas atuações e química entre Smith e Robbie e uma participação curta e crível de Rodrigo Santoro, o longa se destaca pelo roteiro cheio de reviravoltas que são tão propositais que tiram um pouco da naturalidade da história. Essa é uma das consequências naturais de se trabalhar com filmes baseados em trapaças, nos quais o público espera pelo próximo lance mais esperto do golpista e como ele se dará bem sem comprometer novos golpes. Por outro lado, essas reviravoltas têm a força de despertar o interesse na história e revelar qual será a próxima manobra do golpista. Golpe Duplo é mais um filme de comédia criminal com pinceladas de romance do que uma drama criminal com suspense e ação. Will Smith até se esforça em dar um peso dramático à Nick, mas ele não convence. Esse roteiro não tem como foco desenvolver densidade psicológica, é entretenimento básico sobre a história de um trapaceiro, com um pouco de charme e requinte na cenografia, fotografia e figurino.


O desprazer:  Will Smith em cenas dramáticas é mais engraçado do que trágico. Ele só foi efetivamente dramático em "À procura da felicidade" e não perdeu sua veia cômica. Essa história tem a intenção de ser divertida, dramática, romântica e criminal que, não coube aqui, ele fazer caras e bocas para representar o drama de um mentiroso.



Por que vale a rapidinha?  O filme é agradável pelo esforço da direção em garantir as reviravoltas e dar um visual mais sofisticado ao longa, principalmente em um contexto com uma atividade tão baixa como trapacear as pessoas para ter dinheiro fácil . Como atrativo, a atuação de Margot Robbie se diferencia como um sangue novo na arena Hollywoodiana. Seu talento, beleza e simpatia iluminam o filme e ressaltam o potencial que ela tem para novas produções.



Ficha técnica do filme ImDB Golpe Duplo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière