sábado, 26 de dezembro de 2015

Rapidinhas no MaDame: De volta ao jogo (John Wick - 2014), de Chad Stahelski

Rapidinhas no MaDame:
Porque o que importa é o prazer da Cinefilia




Por Cristiane Costa, Owner, Editora e Crítica de Cinema MaDame Lumière e Especialista em Comunicação Empresarial 





Sobre a história:  John Wick (Keanu Reeves) é um matador profissional  que enterra seu passado como letal arma humana após conhecer Helen (Bridget Moynahan), sua esposa e grande amor de sua vida. Com a doença e consequente morte de Helen, ele se apega à sua lembrança e último presente. Neste vulnerável momento, John é incomodado e se enfurece após um acontecimento dramático que envolve Iosef, o mimado filho do mafioso Viggo Tarasov (Michael Nyqvist).  Agora ninguém pode parar John, ele está determinado a se vingar. 


Opinião Geral sobre o filme:   Keanu Reeves sempre foi um ótimo ator de ação, habilidoso em coreografar lutas físicas sem perder o charme e estiloso. Em "De volta ao jogo", ele realmente voltou ao jogo e está em excelente forma , tanto na atuação como no vigor em cena. John Wick é um personagem solitário e em momento de crise, no qual perde a esposa e, como todo o momento de perda, está sensível. Basta apenas um acontecimento , aparentemente tolo, mas de grande impacto emocional, para ele se transformar em uma máquina de guerra, disposto a derrubar qualquer um que se coloca em sua frente. Assim é John Wick, um Keanu Reeves que renasce das cinzas como uma Fênix vingativa e que presenteia o público com excelentes momentos de ação. 
A história não se ocupa em criar um complexa trama de suspense e ação, pelo contrário, é bem modesta na proposta, entretanto , o que torna "John Wick" um espetáculo de entretenimento é exatamente como a direção explora a performance de Keanu Reeves. Stahelski trabalha bem as cenas de ação, potencializando a fúria e a intensidade de um justiceiro que volta a matar, agora, motivado por uma questão bem pessoal.


O desprazer:  os vilões não são bem desenvolvidos. No geral, são patéticos, principalmente Alfie Allen como Iosef. Também a participação de  Willem Dafoe como Marcus é bem pequena e poderia ter sido melhor explorada.


Por que vale a rapidinha?  Keanu Reeves. Estilo e competência na ação não lhe falta.





Ficha técnica do filme ImDB John Wick

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière