segunda-feira, 9 de março de 2015

MaDame Series Opina: The Fall - 1ª Temporada

MaDame Series Opina
O momento fora de série
sobre Seriados de TV
por MaDame Lumière







Sobre The Fall - 1ª Temporada The Fall é uma série de TV Britânica do gênero suspense, lançada em 2013 e veiculada pela BBC 2. Baseada em uma história de serial killer em Belfast, a série tem como protagonistas a experiente Gillian Anderson (de Arquivo X) que interpreta a diretora de investigação Stella Gibson.  Jamie Dornan (de 50 tons de cinza) é Paul Spector, pai de família e assassino em série de mulheres jovens e bonitas. Nesse thriller psicológico, o roteiro se desenvolve em um jogo investigativo de "gata e rato", totalizando 5 episódios na primeira temporada.


Opinião Geral:  A série tem 4 pilares na narrativa que juntos a tornam um interessante entretenimento e resumem os seus principais atrativos de O que, quem, onde e como: o primeiro é o foco em retratar a violência contra a mulher, um tema atual e necessário para análise, reflexão e discussão. O segundo aspecto são as personagens principais. De um lado, o serial killer de Paul Spector, um homem educado, charmoso, pai de família com esposa e dois filhos, logo ele se aproxima da figura de pessoas violentas que aparentemente parecem inofensivas mas são perigosas. Do outro lado, Stella Gibson é uma mulher detetive brilhante expert na área, de espírito livre, dona de si e de vida pessoal misteriosa. Essas personagens se complementam pois ambos criam uma atmosfera de tensão e atração entre eles durante a investigação.  O terceiro pilar está voltado ao local da história, que ocorre em Belfast na Irlanda do Norte, região que  tem histórico de violência urbana e confrontos étnicos, políticos e religiosos e nos mostra personagens complementares hostis e/ou perigosos. O quarto aspecto é o roteiro enfocado em minucioso e lento processo investigativo.
Apesar da série ter 5 episódios na primeira temporada que, junto com os 6 episódios da segunda poderiam formar uma única e mais ágil season, o que deve ser observado no lançamento da série? Analisar como o roteiro é desenvolvido em uma série britânica, ou seja, como é Belfast, como as personagens são retratadas, qual é o padrão seguido pelo assassino, como é o comportamento institucional da política etc.  Isso propicia um outro olhar crítico com relação a esse produto audiovisual em comparação às famosas séries americanas.
É possível evidenciar que aqui são lançadas as bases que serão importantes na segunda temporada. Stella Gibson é uma outsider que vem da Inglaterra para a Irlanda, age com autoridade e autoconfiança e é a líder da investigação em uma instituição muito masculina. Embora seja policial, Stella Gibson não tem perfil metódico e parece analisar a Big Picture, inclusive a da vida do assassino e seu provável padrão de ação. Paul Spektor tem seus métodos de disciplina e preparo para invadir as casas de suas vítimas, por outro lado ele é um pai amoroso para a filha pequena e trabalha com aconselhamento, o que é uma grande ironia. Todas essas nuances comportamentais enriquecem a primeira temporada e preparam o público para as emoções da segunda temporada.

Prós A experiência de Gillian Anderson que está acostumada a séries de suspense e tem uma beleza e maturidade fascinantes em cena. Ela está bem à vontade nesse papel e naturalmente flerta com a câmera. Outro pró é observar o perfil psicológico de Paul Spektor que, por trás de sua atenciosa figura paterna, oculta um assassino. Jamie Dornan faz um papel bem mais maduro do que no tosco filme 50 tons de cinza, um dos seus fiascos.


Contra(s): A série exige paciência com relação ao seu roteiro  moroso. Cada episódio se estende para criar tensão e mistério pois o foco dessa narrativa é investir bastante tempo no processo investigativo.


Cena(s) imperdível(is):  Cena de sexo com boa química entre Stella Gibson e policial James Olson (BenPeel) , assassinato  de vítima e o metódico e ritualístico estilo de matar de Paul Spektor (Episódio 2), depoimento de ex-affair do serial killer e  bruto ataque do serial killer à próxima vítima (Episódio 4).


Por que você deve assistí-la?  Gillian Anderson, Jamie Dornan e um processo investigativo detalhado.



Até o próximo MaDame Series Opina
com outras grandes séries


Avaliação MaDame Lumière 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière