domingo, 7 de outubro de 2012

MaDame Romance: Só você (Only You) - 1994


MaDame Romance
O Cinema e o Amor, juntos para sempre





Só você é uma adorável comédia romântica estrelada pelos carismáticos Marisa Tomei e Robert Downey Jr, com a direção de Norma Jewison, roteiro de Diane Drake e belas e inspiradoras locações na Itália, como  Veneza e Roma. Faith (Marisa Tomei) acredita em destino e que duas almas gêmeas se encontram e se apaixonam como está escrito nas estrelas. Aos 11 anos, após uma brincadeira sobre seu destino no amor e a previsão de uma cigana, ela toma conhecimento de que o nome de sua alma gêmea é Damon Bradley. Ao atingir a idade adulta, sem nunca ter encontrado Damon e às vésperas do casamento com um médico, ela recebe uma inesperada ligação telefônica de Damon e parte à sua procura, viajando para a Itália com sua  amiga e cunhada Kate (Bonnie Hunt). Ao encontrar Peter Wright (Robert Downey Jr) em Roma, muitas surpresas acontecem em seu destino.






O filme é um clássico romântico dos anos 90. É uma história simples, escrita pela roteirista que depois escreveria Do que as mulheres gostam, outra comédia romântica com bom roteiro, muito agradável,  divertida e estrelada por Mel Gibson. As virtudes de Só você são o cenário Italiano, bonito e romântico, com a evocativa fotografia de um lugar para se apaixonar, a presença dos belos Marisa e Robert em situações bem engraçadas e a premissa de que temos que fazer o nosso próprio destino. Dentro dessas perspectivas, o longa é um ótimo entretenimento afetivo, pois há um harmonia entre o casal protagonista, a atmosfera romântica dos cenários em linha com a jornada de Faith a várias cidades Italianas e as desesperadas confusões provocadas por Peter. Marisa e Robert  estão bem  jovens assim como um homem e uma mulher que descobrem o primeiro amor, mágico, inspirador e abençoado pelas estrelas. Eles tem uma química dócil e irresistível de quem se apaixonou ao primeiro olhar, beijo e abraço.  Robert já dita o ritmo do bom humor autêntico, Marisa tem um rosto delicado, um olhar marcante e um sorriso que iluminam a tela. Bonnie Hunt também está ótima como a coadjuvante Kate, que abandona o marido grosseiro, tira férias do casamento e conhece um charmoso e sedutor Italiano. Como o roteiro de boa parte das comédias românticas,  todos passarão por dificuldades para vivenciar o Amor. 






Além de toda essa atmosfera encantadora da Itália, o filme resgata uma das melhores referências cinematográficas da cidade de Roma em filmes românticos. Em um momento sublime e nostálgico de imagens icônicas da Sétima Arte, a narrativa inclui um diálogo metalinguístico entre Só Você e o clássico A Princesa e o Plebeu (Roman Holiday, 1953), refazendo com Marisa Tomei e Robert Downey Jr uma das cenas  mais bonitas interpretadas por Audrey Hepburn e Gregory Peck na Boca della Veritá, situado na igreja Santa Maria de Cosmedin em Roma e um dos pontos turísticos mais visitados na cidade. Se trata de  uma antiga Máscara do Deus Tritão na qual Audrey e Gregory Peck brincam e flertam no filme e  está baseada na lenda de que ao se colocar a  mão na boca do Deus, ele pode arrancá-la caso se esteja contando uma mentira.





O que emociona em Só você é que nem sempre a expectativa criada em torno do Amor é a que se concretizará, mas todos perseguimos esse intenso querer que é o de ser amado. Mesmo que não seja aquela pessoa que queríamos, a vida continua, o destino é construído diariamente, o Amor é um desejo e uma possibilidade. Acreditar no Amor é preciso, estar aberto a buscar o romance e dar-se a oportunidade  de correr atrás dele é questão de sobrevivência e de felicidade. Quando Faith viaja à Itália, deixando o seu noivo Dwayne para trás, ela já sabia que tinha feito uma escolha mesmo sem legitimá-la: a de apostar em encontrar seu "Damon Brayle". Se ela tivessse ficado em casa e  aceitado se casar com um homem que não a entende e  não valoriza sua opinião, ela não encontraria o verdadeiro Amor. Com isso, Só você não é só uma história de Amor escrita nas estrelas, ele é um filme otimista  que desperta essa vontade ativa de ir atrás do que se acredita, sob o risco de ter alegrias e decepções e, ainda assim, ser presenteado por um destino melhor. O importante é permitir-se buscar a felicidade afetiva, não importa onde ela esteja e o que acontecerá, Só você saberá quando o Amor encontrar.






Ficha técnica no IMDB

3 comentários:

  1. Essa é uma daquelas boas comédias românticas que se sustenta, especialmente, por causa do charme das atuações de Robert Downey Jr. e Marisa Tomei.

    ResponderExcluir

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière