sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

MaDame Retrospectiva - Cinema 2010


Retrospectiva é festa, é glam, é MaDame Lumière
apresentando o melhor do Cinema 2010 lançado no Brasil


Olá Prezados leitores,

Hoje é o último dia do ano e quero comemorar o Cinema em grande estilo, por isso você é meu convidado Vip para o MaDame Retrospectiva, com uma seleção especial do Cinema 2010, com os Top 5 Melhores em 8 categorias : Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Ator Principal, Atriz Principal, Roteiro Adaptado, Roteiro Principal, Animação e Diretor e, os Top 10 em 3 categorias: melhor filme, pior filme e filme revelação; este último, é a categoria que intitulo 'grata surpresa do ano', que adorei descobrir e indico sem titubear.

Sabemos que, em época de blockbusters e tecnologias 3 D e Blu-Ray, nem tudo que é lançado na sétima Arte é ARTE cinematográfica, porém após um ano de muita cinefilia, conclui que foi maravilhoso assistir a tantos filmes e ter o desejo genuíno de fazê-lo cada vez mais, buscando sempre um horário para namorar o Cinema e construir meu íntimo relacionamento com ele. Apesar de ter sentido o impacto das demandas profisionais desde Agosto, o que fez com que eu escrevesse menos no MaDame Lumière, felizmente, eu pude ir às salas de exibição para ver os esperados lançamentos, alugar mais DVDS, assistir à Mostra de Cinema em SP, descobrir novos livros de Cinema e, o melhor de tudo, conhecer inesquecíveis clássicos que me fascinam e tem me ensinado bastante a desenvolver um olhar mais apurado. Hoje posso dizer-lhes que sou uma cinéfila, fazendo coro à uma preciosa frase do diretor francês Jean Carhles Tacchela que disse: "Uma pessoa se torna cinéfila não porque vê filmes, mas sim porque sente a necessidade imperiosa de ver os filmes que ainda não viu". Essa sou eu!


Ao decidir fechar o ano com chave de estúdio de Cinema, optei por um MaDame Retrospectiva bem coerente com quem tem acompanhado o blog, ou seja, apresento filmes que fizeram parte da minha trajetória de cinéfila durante 2010, e que foram lançados em território Brasileiro ainda nesse ano, seja fora ou dentro do circuito nacional. Alguns foram produzidos em 2009, outros em 2010. Alguns eu resenhei, outros não deu tempo de revisar e estão na fila de críticas, porém o mais importante é que são filmes que, pelo menos, algum leitor tenha assistido diretamente na sala de Cinema, no DVD ou Blu-Ray de casa. Embora as listas de cinéfilos costumem ser pessoais, eu tentei equilibrar a minha preferência pessoal com a imparcialidade crítica de um bom cinéfilo, afinal, estas seleções foram avaliadas tomando em conta a performance excepcional de cada categoria, o que significou um excelente exercício de avaliação cinematográfica. Espero que curtam o MaDame Retrospectiva e que tenham um excelente 2011 com uma adrenalítica cinefilia na veia, na alma e no coração.

Beijos,

MaDame Lumière

2 comentários:

  1. Ah madame, estou na espera,fiquei curioso com o seu "editorial" com certeza virá coisas boas por ae, rs

    Madame, desde já lhe desejo um feliz 2011. 2010 não foi excelente para mim, mas valeu por eu ter conhecido a pessoa maravilhosa que você é!

    Abraços (se sinta realmente abraçada...)!

    ResponderExcluir
  2. "decidir fechar o ano com chave de estúdio de Cinema", adorei! Vamos às listas, então!

    ResponderExcluir

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière