segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

MaDame Retrospectiva : Top 5 Roteiros 2011 - Cinema Nacional


5 -Newton Cannito e Jeferson De, Bróder

"Roteiro bem estruturado de forma a valorizar os laços familiares e de amizade, os diferentes destinos de 3 amigos, a periferia de SP, a questão da identidade e o afeto. Conciso e amoroso!"





4 -Eryk Rocha e Manuela Dias, Transeunte

"Roteiro que se destaca pelo intimismo de um cotidiano solitário e instrospectivo de tantos anônimos urbanos, o que traz à experiência cinematográfico a dicotomia de que homem é uma ilha em uma selva urbana."




3 -Claudio Torres, O homem do futuro


"Roteiro que harmoniza bem romance, ficção científica e comédia, com um toque criativo e de nostalgia, que é contagiante e cativante. Diverte e seduz pela bela história de amor!"






2 -Gustavo Pizzi e Karine Teles, Riscado


"Roteiro que evoca e favorece a proposta da narrativa. Trabalha a favor da protagonista, uma atriz em sua jornada desafiadora de atriz. Momentos espontâneos, simples e sublimes como o Cinema deve ter."





1 -Selton Mello e Marcelo Vindicatto, O Palhaço


"Um roteiro que é o casamento perfeito com a direção do filme, em uma bela sinergia que emociona o público através de risos e melancólicos olhares e silêncios. Também se destaca pela forma como apresenta a necessária necessidade de 'cair no mundo' e ter uma crise de identidade para se encontrar na vida."

3 comentários:

  1. Não assisti a três dos filmes que você citou. Acho a vitória de "O Palhaço" incontestável e não sei se acrescentaria o roteiro de "O Homem do Futuro" a essa lista.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, O homem do futuro é outro que preciso ver o quanto antes!

    p.s.: segui a tua dica e conferi VIPs. Gostei, achei um bom filme O/

    ResponderExcluir
  3. Não pude conferir O Homem do Futuro (pois é!), mas colocaria o de Bróder em primeiro, e o de O Palhaço em segundo, já que este apresenta falhas - como a apressada jornada pessoal de Benjamin. Reforço a ideia que Transeunte é insuportável. Duas das horas mais sofridas que tive em uma sala de cinema.

    ResponderExcluir

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière