domingo, 30 de abril de 2017

MaDame Listas: 20 filmes favoritos de todos os tempos




À convite do blogueiro e crítico de cinema, Chico Fireman do Filmes do Chico listei meus 20 filmes favoritos de todos os tempos, como parte de uma enquete que ele está realizando com vários blogueiros, críticos, jornalistas, cinéfilos etc.

Foi uma tarefa difícil mas cheia de realização. Cinema e suas memórias preencheram a minha tarde com muita nostalgia e deja vu.

Eu amo o Cinema, não poderia viver sem tantas histórias e belos momentos.

Obrigada, Chico Fireman !

#MadameLumière


1. O poderoso chefão (The Godfather), Francis Ford Coppola, (1972)
2. Aurora (Sunrise), F.W Murnau, (1927)
3. Os incompreendidos (Les 400 Coups), François Truffaut, (1959)
4. Touro Indomável (Raging Bull), Martin Scorsese, (1980)
5. Era uma vez em Tóquio (Tôkiô Monogatori),Yasujiro Ozu, (1953)
6. Rocco e seus irmãos (Rocco i suo Fratelli, Luchino Visconti, (1960)
7. Clamor do Sexo (Splendour in the grass), Elia Kazan, (1961)
8. Crepúsculo dos deuses (Sunset Boulevard), Billy Wilder, (1950)
9. Amor à flor da pele (Fa Yeung Nin Wa), Wong Kar-Wai,(2000)
10. Quanto mais quente melhor ( Some like it hot), Billy Wilder, (1959)
11. Morangos silvestres (Smultronstället), Ingrid Bergman, (1957)
12. Um corpo que cai (Vertigo), Alfredo Hitchcock (1958)
13. Paris, Texas (Paris, Texas), Win Wenders (1984)
14. A marca da maldade (Touch of Evil), Orson Welles (1958)
15. Era uma vez no Oeste ( C'era una Volta il West), Sergio Leone (1968)
16. Meu ódio será a tua herança (The Wild Bunch), Sam Peckinpah (1969)
17. Os Bons Companheiros (Goodfellas), Martin Scorsese (1990)
18. O pagamento final (Carlito's Way), Brian de Palma (1993)
19. Sindicato dos ladrões (on the waterfront), Elia Kazan, (1954)
20. Sangue Negro (There will be blood ), Paul Thomas Anderson (2007)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) leitor(a)

Obrigada pelo seu interesse em comentar no MaDame Lumiére. Sua participação é muito importante para trocarmos percepções e informações sobre a fascinante Sétima Arte.
Madame Lumière é um blog democrático e sério, logo você é livre para elogiar ou criticar o filme assim como qualquer comentário dentro do assunto cinema. No entanto, serão rejeitadas mensagens que insultem, difamem ou desrespeitem a autora do blog assim como qualquer ataque pessoal ofensivo a leitores do blog e suas opiniões. Também não serão aceitos comentários com propósitos propagandistas, obscenos, persecutórios, racistas, etc.
Caso não concorde com a opinião cinéfila de alguém, saiba como respondê-la educadamente. Opiniões distintas são bem vindas e enriquecem a discussão.

Saudações cinéfilas,

MaDame Lumière